modelos de banheiras para banheiros gaam com estilo

Qual a banheira adequada para mim?

Normalmente o espaço livre, é o principal fator decisivo na hora da compra da banheira, mas com tantos modelos no mercado é importante ter sua necessidade bem definida, para não errar na escolha.

Para decidir qual modelo escolher, você deve pensar primeiramente na funcionalidade que quer para o item. Se a ideia for utilizar a banheira individualmente, complementando o espaço do chuveiro, o modelo padrão atende bem a essa expectativa. No entanto, se a intenção é aproveitar ao máximo a sensação de conforto e relaxamento da banheira, os modelos spas e ofurôs são os modelos mais indicados.

Espaço disponível

Medir o espaço a disposição é essencial para evitar prejuízos. O ambiente disponível irá definir o tamanho e formato da banheira. Determine o local onde você quer instalar a banheira e então meça as suas dimensões.
Os formatos retangulares costumam se adaptar tanto em ambientes pequenos, quanto em ambientes maiores. Já os formatos quadrados demandam mais espaço, pois costumam ser maiores e para mais de um usuário.
Banheiras arredondadas (circulares ou ovais) dificultam a instalação rente à parede. Mas as banheiras de canto são perfeitas para aproveitar espaços “vagos”, pois são instaladas no vão entre duas paredes, remetendo a um formato triangular.

Banheira de encaixe com box

Tipos de banheira

Os tipos mais conhecidos são o modelo padrão, o spa e o ofurô.
Padrão: é o modelo tradicional, geralmente para uso individual e instalado junto à área do chuveiro, ideal para ambientes menores. Ela possibilita banhos de imersão e hidromassagem, caso tenha acessórios de jatos e motor. A grande vantagem desse tipo de banheira é o fator econômico, já que ela é bastante acessível.
Spa: instalados no banheiro ou em áreas externas. São perfeitos para quem deseja uma banheira de relaxamento. Podem ser individuais ou coletivos.
Ofurô: trata-se de uma banheira profunda, inspirada nos banhos de imersão da cultura japonesa. Permite um banho de imersão até os ombros, resultando em um banho muito relaxante. Proporciona diversos benefícios tanto no combate ao stress como também de doenças como artrite e artrose, por exemplo. Os modelos são variados e podem ser coletivos ou individuais.

Modelos

No mercado encontramos vários modelos de banheira. Mas existem três categorias principais.
De encaixe: são as banheiras instaladas em uma estrutura de alvenaria ou diretamente ao solo. Podem ter inúmeros formatos e acomodar uma ou várias pessoas, podendo ter hidromassagem ou não.
Vitoriana: é uma banheira de apoio, já que é apenas colocada em cima do piso. Não precisa de nenhuma estrutura e nem encanamentos, somente uma saída de água. A desvantagem é que costuma ser mais cara e é uma banheira para uso individual.
Com Box: Ambos os modelos citados acima podem compor o ambiente com box. A diferença está na base de apoio. Na banheira vitoriana o box deve ser fixado no piso, já no modelo de encaixe o box pode ser fixado tanto no piso como na estrutura em alvenaria da própria banheira.

Banheiro com banheira vitoriana com conjunto gaam gabinetes savana
Banheira Vitoriana

Material

Elas podem ser feitas em porcelana, fibra, aço galvanizado, acrílico e até mármore.
Para acertar na compra, verifique a qualidade e origem do material da sua banheira. Afinal, mesmo os modelos mais simples requerem bons acabamentos, para  que a banheira cumpra com a sua função de oferecer um banho relaxante.

Para evitar danos futuros, é importante saber que, independentemente do tipo escolhido, a instalação exigirá mão de obra especializada.
Vale a pena ressaltar também que, normalmente, as bombas motoras responsáveis pela hidromassagem costumam ser vendidas separadamente. Por isso é importante consultar um profissional na hora da escolha do motor e instalação do mesmo.

dica Gaam gabinetes seu estilo de banheiro

O que pode ficar no banheiro?

O banheiro é considerado o cômodo menos higiênico da casa, além disso, devido ao constante vapor gerado pelo banho e a pouca ventilação, é comum que o ambiente acumule umidade. A junção de fluídos corporais e umidade pode resultar em acúmulo de sujeira, bactérias, microrganismos e fungos.
Alguns produtos ao entrar em contato com a umidade, mudam suas características, outros facilitam o surgimento de colônias de micro-organismos. Então, é importante saber o que você pode, e o que não pode guardar no seu banheiro.

Vaso sanitário

Vale lembrar que o principal foco de contaminação do banheiro é o vaso sanitário. Milhares de bactérias são lançadas no ar, ao acionar a descarga com a tampa aberta, elas permanecem vivas por cerca de duas horas e infestam os objetos que estão no ambiente.
Mas o problema tem fim se você mantiver a tampa fechada, assim alguns itens, como toalha de rosto, sabonete e escovas de dente podem ficar expostos sem risco à saúde dos moradores.

Maquiagem e hidratantes

Maquiagens devem ficar bem longe da umidade, pois produtos como blush, pó, sombra e base, podem ter a qualidade afetada, assim como os pincéis, que correm risco de embolorar. Coloque-os em local fresco e arejado e lembre-se de limpar os itens com periodicidade.
Hidratantes e cremes também devem ser retirados do cômodo, pois algumas composições possuem substâncias sensíveis ao calor e à umidade, que podem alterar suas propriedades.

Remédios

O vapor e as temperaturas elevadas do banho podem alterar as características dos medicamentos. Sendo assim, transfira-os para uma gaveta do armário, arejada e longe do alcance das crianças.
Lentes de contato podem ficar sobre a pia se estiverem fechadas em recipiente próprio, assim como as soluções para limpeza, mantidas nas embalagens originais.

Gaam seu estilo de banheiro

Produtos variados

O ideal é manter os frascos de perfume dentro do armário, protegidos da luz direta e das variações de temperatura. A mesma regra serve para o enxaguante bucal.
Protetores solares são permitidos, já que são formulados para suportar temperaturas altas. Espuma de barbear e loção pós-barba também, entretanto, prefira mantê-las dentro do gabinete. Xampu, condicionador, sabonete e pasta de dente têm passe livre, é claro, mas procure deixar os produtos novos, que aguardam reposição, dentro do móvel.

Esmaltes, laminas e joias

Os esmaltes precisam ser conservados em local seco, de pé e bem fechados. Lixas também devem ficar longe do vapor para evitar a multiplicação das bactérias, assim como alicates, cortadores de unha e pinças, que correm o risco de oxidar. Lâminas novas podem não ter o mesmo efeito, se guardadas em locais úmidos.
A umidade pode acelerar a oxidação de joias e bijuterias, mesmo que não sejam molhadas.  Prefira acomodar estes itens em uma caixinha ou porta joias, no quarto ou no closet.

Extras

Rolos reserva de papel higiênico, cotonete, algodão e absorvente podem ficar no banheiro, desde que não estejam em contato direto com o vapor. O ideal é manter a embalagem dos produtos ou guardá-los em recipientes com tampa, dentro do móvel.
Evite também, deixar livros e revistas dentro do banheiro, pois a umidade pode estragá-los e deixá-los mofados.